O que é o Marketing Digital?

Marketing Digital é o conjunto de atividades que uma empresa (ou pessoa) executa online com o objetivo de atrair novos negócios, criar relacionamentos e desenvolver uma identidade de marca.

Aplicação

Antes de qualquer coisa tenha em mente o tipo de cliente que gostaria de trabalhar, seja um consumidor que não teve seu problema resolvido com alguma loja, um trabalhador insatisfeito com sua rescisão contratual, entre outros. Seu foco direcionado a imagem de um cliente específico te guiará nas estratégias deste artigo e também demonstrará sua autoridade em determinada área do direito a potenciais clientes. 

Para que seus objetivos se transformem em algo tangível é importante que tenha em mente todo o planejamento dos objetivos a serem conquistados, e para isso é imprescindível estabelecer metas.

Qual a meta de clientes a serem conquistados? Quais meios serão utilizados para o alcance dessas pessoas? Qual o prazo? Todas essas perguntas são muito importantes e as respostas serão a chave para o desenvolvimento dos outros passos.

Marketing de Conteúdo

A principal moeda de troca no mercado digital é o conhecimento, e através do Marketing de Conteúdo aplicado à área jurídica, escritórios tem conquistado espaço através de informações relevantes a consumidores e empresas.

Em um país em que os profissionais jurídicos tem se expandido, o conteúdo relevante produzido tem direcionado os clientes na escolha de fechamento de contratos.

Mas como aplicar essa modalidade? Através da produção de conteúdo em blogs, postagens em redes sociais, vídeos explicativos em plataformas como o Youtube, tudo focado em responder os principais questionamentos de clientes sobre o ramo jurídico antes de fechar um contrato ou mesmo conteúdos específicos da área de especialidade do advogado. A produção o destaca perante as inúmeras outras opções que são apresentadas ao consumidor ou empresa interessado em contratar assessoria jurídica.

É importante ressaltar que o advogado que produz conteúdo gratuito não tem o seu trabalho subjugado e sim está oferecendo uma pequena parcela de seu conhecimento a futuros clientes, que inclusive se sentirão mais seguros com o profissional por terem constatado seu domínio no assunto sem mesmo precisar fazer uma ligação ou agendar uma consulta, que não necessariamente se converterá em um contrato fechado.

Uso de redes sociais

O uso de redes sociais é de fundamental importância, vez que seus potenciais clientes tem a comodidade de acompanhar postagens e notícias utilizando deste meio.

Dentre as principais redes sociais em que podemos citar estão: Instagram, YouTube, Facebook, Linkedin, Whatsapp e Twitter.

É importante frisar que cada rede social é voltada a certo tipo de conteúdo, sendo algumas específicas para pequenas postagens e outras para postagens de conteúdo mais aprofundado. Tenha isso em mente ao produzir conteúdo a cada uma delas.

Marketing de Relacionamento

Nessa estratégia o foco do advogado está em fidelizar seus clientes. Você já comprou algum produto ou contratou um serviço em que a empresa entrou em contato com você após a compra para perguntar como foi sua experiência e se dispôs a continuar prestando suporte sem custo adicional?

Como já dizia Philip Kotler, PhD em economia e considerado o maior especialista em Marketing da atualidade: “conquistar um novo cliente custa de 5 a 7 vezes a mais que manter um atual” 

Portanto, entrar em contato com seu cliente em certo período de tempo após o término da assessoria para saber como foi a experiência dele com o seu atendimento e verificar se precisa de algo a mais faz toda a diferença, pois quando alguém comentar com seu cliente que precisa de uma assessoria jurídica com certeza ele irá te indicar com toda a satisfação.

Estabeleça períodos em que se deve entrar em contato novamente para que o bom relacionamento seja mantido com seu cliente.

Principais regras do código de ética da OAB quanto a aplicação do Marketing no ambiente jurídico.

A Ordem dos Advogados do Brasil estabeleceu algumas regras no tocante a utilização do meio digital para divulgação de serviços jurídicos, o qual reserva um capítulo do Código de Ética e Disciplina, apenas para abordar sobre o assunto em questão.

Por meio do provimento 94/2000 da OAB, que dispõe sobre a publicidade, propaganda e a informação da advocacia, foram regulamentadas as seguintes leis:

O que pode ser feito:

  • Fazer anúncios, inclusive patrocinados, desde que não sejam tendenciosos.
  • Ter um site informativo
  • Manter um blog com postagens de conteúdo educacional
  • Ser ativo nas redes sociais e patrocinar posts
  • Incluir dados e patrocinar posts
  • Manter uma comunicação através de E-mail Marketing, não fazendo uso de spam.

O que não pode ser feito:

  • Usar linguagem tendenciosa e que direcione o consumidor
  • Publicar valores e formas de pagamento
  • Enviar mensagens com cunho publicitário, seja via e-mail, redes sociais, mala direta ou via celular;
  • Oferecer consultas grátis em troca de divulgação (Consultas pró-bono são liberadas, desde que respeitem esse quesito);
  • Fazer anúncios no rádio e televisão;
  • Usar imagens de tribunais em materiais do escritório;
  • Patrocinar ou promover eventos que não sejam diretamente relacionados ao Direito.

Conteúdo Extra:

O site Conjur preparou um ótimo artigo com 50 estratégias simples de marketing para advogados em que temos diversas ideias úteis a serem utilizadas.

Conclusão

Nos dias atuais, em que o mercado busca constantemente se reinventar através do meio digital, é de fundamental importância que os advogados procurem novos meios de divulgar seu trabalho e também prospectar novos clientes, visto a crescente demanda de assessoria jurídica nas mais diversas áreas do direito, sendo encontradas em sua grande parte através de plataformas digitais, o que pode facilitar a busca tanto do advogado por novos clientes, quanto por parte do consumidor por profissionais capacitados em atendê-los.

:: Caio Figueiredo

Tecnólogo em Marketing, se dedica a entender o comportamento humano e suas relações com o mercado de consumo. Colaborador na empresa de logística Agile Jurídico, sendo responsável por acompanhamento de audiências.

Que tal um orçamento?

Não seria bom que seu escritório de advocacia pudesse obter reduções de custos, agilidade na execução de serviços e praticidade em seus processos?

A Agile Jurídico pode lhe ajudar a alcançar isso!

Clique aqui

Você pode gostar

Agile Jurídico Best Partner
Dolo Eventual x Culpa Consciente
Outubro Rosa: Mês de Prevenção ao Câncer de Mama
Retorno do Futebol irá movimentar Tribunais Desportivos
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
previous arrow
next arrow
Slider
Agile Jurídico Best Partner
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
O Poder do Despacho
3 PILARES PARA CONQUISTAR CLIENTES
Seja um correspondente jurídico!
previous arrow
next arrow
Slider
Apps para advogados: 4 aplicativos que advogados PRECISAM conhecer
4 melhores apps para para scanear documentos usando Android ou iOS.
7 aplicativos para te ajudar eficientemente no escritório
previous arrow
next arrow
Slider
Dia do Leitor
Dia Nacional do Livro
A Constituição de 1988 – 05 de Outubro
Setembro Amarelo: Mês de Combate ao Suicídio
Andamentos Processuais
previous arrow
next arrow
Slider

Seja nosso correspondente