jurídico

Apps para advogados: 4 aplicativos que advogados PRECISAM conhecer

by João Neto João Neto Nenhum comentário

São tantos aplicativos novos lançados todos os dias que fica mesmo impossível acompanhar o que de melhor existe à sua disposição. Por isso nós fizemos isso para você.

Especialmente para você, advogado autônomo ou atuando em um escritório, com dias tão movimentados e em meio a inúmeros documentos e audiências, visando facilitar sua vida elaboramos uma lista com aplicativos indispensáveis para seu dia-a-dia.

Eles facilitarão muito a sua vida. Confira:

4 Apps indispensáveis para advogados:

1 – DocuSign

De maneira muito simples e prática o DocuSign torna possível que você assine digitalmente documentos, não importa onde você está. Basta abrir um documento em formato PDF, assinar e enviar.

Se você preferir uma versão mais avançada, é possível ter acesso a funcionalidade de workflow. Através desta funcionalidade você define pessoas que precisam assinar os documentos, atribuindo critérios de hierarquia e obrigatoriedade. Assim você não precisa se preocupar em ter o documento do processo que precisa ser assinado hoje impresso!

2 – CamScanner

Ele é o preferido de muitos advogados e já falamos dele por aqui, confira nesse link.

Este aplicativo além do recurso de escanear com precisão os documentos físicos, permite ainda que você junte várias páginas em um mesmo arquivo. Você pode enviar os arquivos por e-mail ou guardá-los na nuvem.

3 – Dropbox

O Dropbox é um diretório virtual para armazenamento e compartilhamento de todo tipo de arquivo através da internet.

Disponível nas versões web (uploads, downloads e compartilhamento pelo browser) e desktop (sincroniza arquivos com sua conta Dropbox por meio de uma pasta similar à pasta local do computador). E tem mais: disponibiliza uma pasta pública onde todos os arquivos ali armazenados possuem um link para distribuição livre.

Todos os documentos dos processos judiciais que você está acompanhando, acessíveis no seu tablet ou smartphone: basta usar o Dropbox!

4 – Waze

Se você precisa sair de seu escritório constantemente, este aplicativo vai surpreendê-lo. Ele é um GPS colaborativo! Ele permite que outros motoristas compartilhem informações de trânsito em tempo real. O aplicativo alerta sobre acidentes e engarrafamentos antes de você chegar nesses locais.

E quer saber o mais genial? O aplicativo monta a sua rota utilizando o caminho mais livre de trânsito em tempo real! Ah, se você mora em um grande centro, com filas quilométricas de congestionamento, vai viciar nesse app. E para economizar na hora de abastecer, o Waze também te ajuda, através das informações de preço de combustível compartilhadas pela comunidade.

O Waze será o seu melhor parceiro para fazê-lo chegar mais rápido no tribunal, sem se atrasar para aquela audiência importante!

Fonte: https://www.projuris.com.br

:: João Neto

Gosta de desafios e de trabalhar em equipe. Atua como responsável no setor comercial da Agile Jurídico.

Que tal um orçamento?

Não seria bom que seu escritório de advocacia pudesse obter reduções de custos, agilidade na execução de serviços e praticidade em seus processos?

A Agile Jurídico pode lhe ajudar a alcançar isso!

Clique aqui

Você pode gostar

Dolo Eventual x Culpa Consciente
Outubro Rosa: Mês de Prevenção ao Câncer de Mama
Retorno do Futebol irá movimentar Tribunais Desportivos
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
5 Simples Passos para Tornar seu Dia Produtivo
previous arrow
next arrow
Slider
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
O Poder do Despacho
3 PILARES PARA CONQUISTAR CLIENTES
Seja um correspondente jurídico!
Vale a pena investir em logística jurídica no Brasil?
previous arrow
next arrow
Slider
Apps para advogados: 4 aplicativos que advogados PRECISAM conhecer
4 melhores apps para para scanear documentos usando Android ou iOS.
7 aplicativos para te ajudar eficientemente no escritório
previous arrow
next arrow
Slider
Dia do Leitor
Dia Nacional do Livro
A Constituição de 1988 – 05 de Outubro
Setembro Amarelo: Mês de Combate ao Suicídio
Andamentos Processuais
previous arrow
next arrow
Slider

Seja nosso correspondente

Marketing Digital: a importância e aplicação no mercado jurídico

by Caio Figueiredo Caio Figueiredo Nenhum comentário

O que é o Marketing Digital?

Marketing Digital é o conjunto de atividades que uma empresa (ou pessoa) executa online com o objetivo de atrair novos negócios, criar relacionamentos e desenvolver uma identidade de marca.

Aplicação

Antes de qualquer coisa tenha em mente o tipo de cliente que gostaria de trabalhar, seja um consumidor que não teve seu problema resolvido com alguma loja, um trabalhador insatisfeito com sua rescisão contratual, entre outros. Seu foco direcionado a imagem de um cliente específico te guiará nas estratégias deste artigo e também demonstrará sua autoridade em determinada área do direito a potenciais clientes. 

Para que seus objetivos se transformem em algo tangível é importante que tenha em mente todo o planejamento dos objetivos a serem conquistados, e para isso é imprescindível estabelecer metas.

Qual a meta de clientes a serem conquistados? Quais meios serão utilizados para o alcance dessas pessoas? Qual o prazo? Todas essas perguntas são muito importantes e as respostas serão a chave para o desenvolvimento dos outros passos.

Marketing de Conteúdo

A principal moeda de troca no mercado digital é o conhecimento, e através do Marketing de Conteúdo aplicado à área jurídica, escritórios tem conquistado espaço através de informações relevantes a consumidores e empresas.

Em um país em que os profissionais jurídicos tem se expandido, o conteúdo relevante produzido tem direcionado os clientes na escolha de fechamento de contratos.

Mas como aplicar essa modalidade? Através da produção de conteúdo em blogs, postagens em redes sociais, vídeos explicativos em plataformas como o Youtube, tudo focado em responder os principais questionamentos de clientes sobre o ramo jurídico antes de fechar um contrato ou mesmo conteúdos específicos da área de especialidade do advogado. A produção o destaca perante as inúmeras outras opções que são apresentadas ao consumidor ou empresa interessado em contratar assessoria jurídica.

É importante ressaltar que o advogado que produz conteúdo gratuito não tem o seu trabalho subjugado e sim está oferecendo uma pequena parcela de seu conhecimento a futuros clientes, que inclusive se sentirão mais seguros com o profissional por terem constatado seu domínio no assunto sem mesmo precisar fazer uma ligação ou agendar uma consulta, que não necessariamente se converterá em um contrato fechado.

Uso de redes sociais

O uso de redes sociais é de fundamental importância, vez que seus potenciais clientes tem a comodidade de acompanhar postagens e notícias utilizando deste meio.

Dentre as principais redes sociais em que podemos citar estão: Instagram, YouTube, Facebook, Linkedin, Whatsapp e Twitter.

É importante frisar que cada rede social é voltada a certo tipo de conteúdo, sendo algumas específicas para pequenas postagens e outras para postagens de conteúdo mais aprofundado. Tenha isso em mente ao produzir conteúdo a cada uma delas.

Marketing de Relacionamento

Nessa estratégia o foco do advogado está em fidelizar seus clientes. Você já comprou algum produto ou contratou um serviço em que a empresa entrou em contato com você após a compra para perguntar como foi sua experiência e se dispôs a continuar prestando suporte sem custo adicional?

Como já dizia Philip Kotler, PhD em economia e considerado o maior especialista em Marketing da atualidade: “conquistar um novo cliente custa de 5 a 7 vezes a mais que manter um atual” 

Portanto, entrar em contato com seu cliente em certo período de tempo após o término da assessoria para saber como foi a experiência dele com o seu atendimento e verificar se precisa de algo a mais faz toda a diferença, pois quando alguém comentar com seu cliente que precisa de uma assessoria jurídica com certeza ele irá te indicar com toda a satisfação.

Estabeleça períodos em que se deve entrar em contato novamente para que o bom relacionamento seja mantido com seu cliente.

Principais regras do código de ética da OAB quanto a aplicação do Marketing no ambiente jurídico.

A Ordem dos Advogados do Brasil estabeleceu algumas regras no tocante a utilização do meio digital para divulgação de serviços jurídicos, o qual reserva um capítulo do Código de Ética e Disciplina, apenas para abordar sobre o assunto em questão.

Por meio do provimento 94/2000 da OAB, que dispõe sobre a publicidade, propaganda e a informação da advocacia, foram regulamentadas as seguintes leis:

O que pode ser feito:

  • Fazer anúncios, inclusive patrocinados, desde que não sejam tendenciosos.
  • Ter um site informativo
  • Manter um blog com postagens de conteúdo educacional
  • Ser ativo nas redes sociais e patrocinar posts
  • Incluir dados e patrocinar posts
  • Manter uma comunicação através de E-mail Marketing, não fazendo uso de spam.

O que não pode ser feito:

  • Usar linguagem tendenciosa e que direcione o consumidor
  • Publicar valores e formas de pagamento
  • Enviar mensagens com cunho publicitário, seja via e-mail, redes sociais, mala direta ou via celular;
  • Oferecer consultas grátis em troca de divulgação (Consultas pró-bono são liberadas, desde que respeitem esse quesito);
  • Fazer anúncios no rádio e televisão;
  • Usar imagens de tribunais em materiais do escritório;
  • Patrocinar ou promover eventos que não sejam diretamente relacionados ao Direito.

Conteúdo Extra:

O site Conjur preparou um ótimo artigo com 50 estratégias simples de marketing para advogados em que temos diversas ideias úteis a serem utilizadas.

Conclusão

Nos dias atuais, em que o mercado busca constantemente se reinventar através do meio digital, é de fundamental importância que os advogados procurem novos meios de divulgar seu trabalho e também prospectar novos clientes, visto a crescente demanda de assessoria jurídica nas mais diversas áreas do direito, sendo encontradas em sua grande parte através de plataformas digitais, o que pode facilitar a busca tanto do advogado por novos clientes, quanto por parte do consumidor por profissionais capacitados em atendê-los.

:: Caio Figueiredo

Tecnólogo em Marketing, se dedica a entender o comportamento humano e suas relações com o mercado de consumo. Colaborador na empresa de logística Agile Jurídico, sendo responsável por acompanhamento de audiências.

Que tal um orçamento?

Não seria bom que seu escritório de advocacia pudesse obter reduções de custos, agilidade na execução de serviços e praticidade em seus processos?

A Agile Jurídico pode lhe ajudar a alcançar isso!

Clique aqui

Você pode gostar

Dolo Eventual x Culpa Consciente
Outubro Rosa: Mês de Prevenção ao Câncer de Mama
Retorno do Futebol irá movimentar Tribunais Desportivos
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
5 Simples Passos para Tornar seu Dia Produtivo
previous arrow
next arrow
Slider
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
O Poder do Despacho
3 PILARES PARA CONQUISTAR CLIENTES
Seja um correspondente jurídico!
Vale a pena investir em logística jurídica no Brasil?
previous arrow
next arrow
Slider
Apps para advogados: 4 aplicativos que advogados PRECISAM conhecer
4 melhores apps para para scanear documentos usando Android ou iOS.
7 aplicativos para te ajudar eficientemente no escritório
previous arrow
next arrow
Slider
Dia do Leitor
Dia Nacional do Livro
A Constituição de 1988 – 05 de Outubro
Setembro Amarelo: Mês de Combate ao Suicídio
Andamentos Processuais
previous arrow
next arrow
Slider

Seja nosso correspondente

Dicionario Jurídico: Você conhece os termos jurídicos?

by Suporte Agile Jurídico Suporte Agile Jurídico Nenhum comentário

Dicionario Jurídico: Você conhece os termos jurídicos?

Empreender no meio jurídico pode ser um grande desafio se você é recém-formado. É preciso estruturar processos, planejar pequenos detalhes e depois, claro, gerenciar uma equipe. Uma das principais barreiras para gestores de escritórios é a linguagem.

Se você é um profissional recém-formado na área, é natural que use termos técnicos de Direito. Isso acontece pela frequência que você frequentava sua instituição de ensino ou seu local de trabalho. Mas agora que você tem um escritório, será necessário adaptar a sua linguagem.

Mesmo que aos poucos você pode ir explicando os termos mais importantes de um dicionário jurídico para sua equipe com resultado de alcançar uma melhor gestão do seu escritório de advocacia. Saiba que, em algum momento, você precisará atender clientes ou orientar colaboradores. E por isso, é necessário que você passe uma mensagem que todos entendam, equilibrando sua linguagem técnica a uma linguagem mais simples e casual.

Termos que seus colaboradores devem conhecer

O ideal é que seus colaboradores tenham acesso a um dicionário jurídico, físico ou digital, para que possam consultá-lo sempre que estiverem com dúvidas sobre um determinado assunto. No site da STF pode-se obter alguns conteúdos. 

Dessa forma, todos os colaboradores, desde o estagiário de Direito até o setor de atendimento ao cliente, poderão se comunicar de forma assertiva e tornar os processos mais ágeis.

Até que tudo esteja “no jeito”, que tal apresentar para seus colaboradores 7 termos jurídicos mais comuns que eles devem conhecer? Confira:

Vara

Esse termo diz respeito ao local onde um juiz exerce sua jurisdição. As varas podem ser cíveis ou criminais, dependendo da competência de cada juiz. Se uma vara estiver localizada em uma região pequena, ela fica responsável por todos os assuntos relativos à Justiça daquela região.

Processo

Um processo pode ser definido como uma ação, um método ou técnica pelo qual um indivíduo ou empresa aciona o Estado, visando resolver conflitos de interesses e alcançar resultados com relevância jurídica.

Ou seja, um processo pode ser visto como uma breve apresentação de informações, com uma solicitação específica e o objetivo de obter uma sentença.

Segredo de justiça

Na maioria das ações, os atos processuais são públicos. No entanto, alguns dos processos podem acontecer em segredo de justiça.

Isso significa que o acesso aos dados processuais fica limitados às partes e seus advogados. Esse tipo de ação, geralmente acontece quando as ações processuais podem chamar atenção pela publicidade, pela exigência do decoro ou interesse social.

Instância

Instância também é um termo bastante utilizado na rotina de um escritório de advocacia. É importante destacar que o termo indica o grau de jurisdição de um órgão específico do sistema jurídico, sendo dividido em dois níveis: primeira e segunda instância.

A primeira instância é onde se inicia a ação proposta. Neste caso, um Juiz de Direito toma uma decisão e se o parecer do juiz não for favorável ao pedido de quem entrou com ação, é possível solicitar um recurso.

Se isso acontecer, o processo será analisado em segunda instância. Neste nível de jurisdição, os desembargadores ficam responsáveis por analisar os recursos e emitir um parecer imparcial, que pode ser favorável ou não ao autor da ação.

Protocolo

O protocolo jurídico é, basicamente, um documento no qual as solicitações feitas à órgãos públicos são registrados. O protocolo é o ponto inicial do ato processual.

É importante que tenha um colaborador específico para fazer a administração de protocolos em seu escritório. Este colaborador deve criá-los, registrá-los nos órgãos públicos de interesse e acompanhar sua movimentação.

Sentença

A sentença pode ser considerada como a decisão final do juiz, em um determinado processo. A resolução, que pode ser favorável ou contrária à solicitação feita na petição inicial, apresenta o resultado final para as partes envolvidas.

Valor da causa

Esse é um termo muito discutido quando o assunto é a produção da petição inicial. O campo “valor da causa” é obrigatório e deve ser atribuído a todos os atos processuais, mesmos aqueles que não possuam objetivos econômicos.

Além de funcionar como um modo de impulsionar o processo, também serve para a verificação da competência dos juízes que vão julgar o caso.

Conclusão

Um dicionário jurídico possui diversos termos específicos, e não é muito aconselhável o excesso do uso pois parte de uma linguagem extremamente técnica do qual pode atrapalhar o desempenho do seu escritório.

É preciso que sua equipe e clientes entendam sua mensagem de forma clara e objetiva. Por isso para certificar sempre que todos entenderam o que foi dito ou conversado por você, estude os termos e leia em voz alta como se desse uma aula ou uma explicação focando em ouvir como alguém leigo de quaisquer termos jurídicos. Nesse ritmo você poderá explicar com mais fluência cada um desses termos técnicos.

:: Filipe de Oliveira

Graduando em Redes de computadores, atua em manutenção de sites, web designer e desenvolvedor excel, criativo e curioso. Realiza suporte na empresa nacional de logística jurídica Agile Jurídico.

Você pode gostar

Dolo Eventual x Culpa Consciente
Outubro Rosa: Mês de Prevenção ao Câncer de Mama
Retorno do Futebol irá movimentar Tribunais Desportivos
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
5 Simples Passos para Tornar seu Dia Produtivo
previous arrow
next arrow
Slider
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
O Poder do Despacho
3 PILARES PARA CONQUISTAR CLIENTES
Seja um correspondente jurídico!
Vale a pena investir em logística jurídica no Brasil?
previous arrow
next arrow
Slider
Dia do Leitor
Dia Nacional do Livro
A Constituição de 1988 – 05 de Outubro
Setembro Amarelo: Mês de Combate ao Suicídio
Andamentos Processuais
previous arrow
next arrow
Slider
Apps para advogados: 4 aplicativos que advogados PRECISAM conhecer
4 melhores apps para para scanear documentos usando Android ou iOS.
7 aplicativos para te ajudar eficientemente no escritório
previous arrow
next arrow
Slider

Seja nosso correspondente

Vale a pena investir em logística jurídica no Brasil?

by Suporte Agile Jurídico Suporte Agile Jurídico Nenhum comentário

Vale a pena investir em logística jurídica no Brasil?

Logística jurídica é a contratação de uma empresa especializada para auxiliar e facilitar o trabalho do setor paralegal de escritórios de advocacia, oferecendo suporte para a realização de diligências e audiências país afora.

Antes encarada com certo desdém, a logística jurídica evoluiu, e hoje é vista como uma excelente forma de se reduzir custos e se garantir uma maior uniformidade e qualidade nos serviços jurídicos de advogados correspondentes – um aspecto de extrema importância para escritórios em expansão ou que buscam atender demandas específicas de clientes com atuação além da sua comarca sede.

Mas como exatamente essas empresas podem melhorar o funcionamento do escritório? De uma maneira geral, os benefícios podem ser divididos em duas grandes áreas:

Redução dos custos

Antigamente, a contratação de correspondentes era sinônimo de dores de cabeça para o setor financeiro do escritório: emissão de notas fiscais, relatórios e outras despesas dos profissionais em atuação oneravam a folha e sobrecarregavam os funcionários do setor, muitas vezes não trazendo qualquer tipo de economia.

Hoje, porém, podemos dizer que a logística jurídica se tornou braço direito do financeiro.

A contratação de uma empresa especializada facilita uma série de processos, centralizando solicitações, reduzindo a quantidade de notas e recibos emitidos e facilitando o pagamento e a geração de relatórios.

Além disso, como muitos dos custos desses serviços costumam ser repassados para o cliente do escritório, a contratação de uma única empresa de logística jurídica facilita a comprovação dessas despesas, evitando escoamento de receitas.

Padronização dos serviços

Outros estigmas que ainda perduram sobre a atuação de advogados correspondentes são a falta de padronização nos serviços prestados por esses profissionais ao escritório e a dificuldade em mantê-los engajados e motivados.

E, por meio da contratação de uma empresa de logística jurídica, é possível pensar no crescimento do seu negócio com uma gestão alinhada da equipe e controle dos processos judiciais, contando com profissionais que tenham atuação compatível com a conduta desejada pelo escritório, além da padronização na apresentação de resultados e melhor controle das solicitações atendidas.

Além disso, como o foco da logística jurídica é dar suporte para a administração dos processos, as soluções oferecidas por essas empresas buscam a redução e a solução de burocracias, garantindo que todos esses processos sejam tratados com a mesma qualidade, independentemente do lugar do país em que estejam sendo conduzidos.

Conclusão

Mesmo diante de tantos benefícios, antes de sair buscando uma empresa de logística jurídica, faça um levantamento e uma analise na estrutura de seu escritório em respeito de demanda e mercado se realmente há necessidade de tais serviços agregados.

Faça um orçamento com Agile Jurídico, nós atendemos todo território nacional! Veja se seu escritório está sendo atendido com tudo de melhor que o nosso mercado pode oferecer.

fonte: https://www.rodrigopadilha.com.br/advocacia/logistica-juridica

Adaptado por Agile Jurídico

:: Filipe de Oliveira

Graduando em Redes de computadores, atua em manutenção de sites, web designer e desenvolvedor excel, criativo e curioso. Realiza suporte na empresa nacional de logística jurídica Agile Jurídico.

Você pode gostar

Dolo Eventual x Culpa Consciente
Outubro Rosa: Mês de Prevenção ao Câncer de Mama
Retorno do Futebol irá movimentar Tribunais Desportivos
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
5 Simples Passos para Tornar seu Dia Produtivo
previous arrow
next arrow
Slider
CNJ prorroga prazos de Suspensão Processual
O Poder do Despacho
3 PILARES PARA CONQUISTAR CLIENTES
Seja um correspondente jurídico!
Vale a pena investir em logística jurídica no Brasil?
previous arrow
next arrow
Slider
Dia do Leitor
Dia Nacional do Livro
A Constituição de 1988 – 05 de Outubro
Setembro Amarelo: Mês de Combate ao Suicídio
Andamentos Processuais
previous arrow
next arrow
Slider
Apps para advogados: 4 aplicativos que advogados PRECISAM conhecer
4 melhores apps para para scanear documentos usando Android ou iOS.
7 aplicativos para te ajudar eficientemente no escritório
previous arrow
next arrow
Slider

Seja nosso correspondente